Entre os dias 25 e 31 de janeiro de 2017, ocorreu a III Escola de Verão para Alunos Superdotados da Escola de Inclusão da Universidade Federal Fluminense. O evento foi um sucesso. Maior número de crianças e pais estiveram presentes.


Este Blog tem o objetivo de apresentar as aprendizagens dos alunos matriculados na disciplina SSE 00247 - Práticas Educacionais para Alunos com Altas Habilidades/Superdotação, oferecida pela Professora Dr.ª Cristina Maria Carvalho Delou, desde o primeiro semestre de 2011.

A legislação educacional da atualidade (Resolução CNE/CEB Nº 04/2009) garante o atendimento educacional especializado na própria escola de alunos com altas habilidades/superdotação estão matriculados ou em sala de recursos de outras escolas, no contra-turno de sua matrícula regular, a fim de que possam suplementar o ensino curricular. Contudo, isto não acontece na maior parte de Brasil por uma série de motivos diferentes, deixando alunos automotivados para o conhecimento sem o encaminhamento ao qual tem direito garantido em Lei federal (LDB/1996).

Professores se formam e alunos com altas habilidades/superdotação estão nas escolas. A maior parte dos professores se formam sem qualquer orientação sobre as práticas pedagógicas mais adequadas para alunos que se encontram mais adiantados do que o nível de ensino praticado na turma aonde foi matriculado, alunos que já sabem ler aos 6 anos de idade quando deveriam fazer o 1º ano para serem alfabetizados, alunos curiosos, de aprendizagem rápida e comprometidos com a sua formação escolar.

Ignorar a presença de alunos com altas habilidades/superdotação na sala de aula pode afetar não só a qualidade da vida escolar como a cidadania pela falta de acesso a oportunidades positivas para o desenvolvimento de potencialidades ou mesmo a realização dos talentos, sejam eles acadêmicos ou não.

A fim de contribuir com a formação de professores comprometidos com a política de inclusão para todos, uma disciplina foi criada, na Faculdade de Educação, com vistas a favorecer o encontro de alunos com altas habilidades/superdotação e os alunos de diferentes cursos de licenciatura da UFF. O encontro dos dois grupos de alunos é realizado pela articulação das práticas pedagógicas oferecidas pela disciplina e dois programas de extensão oferecidos na Faculdade de Educação, o PAAAH/SD (Programa de Atendimento a Alunos com Altas Habilidades/Superdotação) que identifica gratuitamente alunos com altas habilidades/superdotação e a Escola de Inclusão, que capacita licenciandos em práticas pedagógicas inclusivas.

A disciplina possui 60h e é desenvolvida semanalmente às quartas-feiras em dois horários de duas horas consecutivas. No primeiro horário, de 14h às 16h, são apresentadas e discutidas questões teóricas sobre  altas habilidades/superdotação. Por voltas das 15:30h os alunos que veem para o atendimento educacional especializado vão chegando e se ambientado com o grupo de adultos. Às 16h começa a segunda parte da aula, que é desenvolvida por meio de oficina colaborativa, onde todos devem interagir com vistas a conhecer os alunos convidados.

A disciplina tem sido oferecida para alunos dos cursos de Pedagogia, Matemática, Química, Física, Biologia, Educação Física, Filosofia, História, Geografia. No primeiro semestre de 2011, foram convidados dois alunos com altas habilidades/superdotação, que contavam 9 e 15 anos. No segundo semestre, outro aluno de 8 anos de idade passou a frequentar a programação. No primeiro semestre de 2012, foram convidados dois alunos, um de 11 anos e outro de 14 anos, respectivamente, do ensino fundamental e médio. Dando continuidade ao projeto em 2013, dois alunos foram convidados a permanecerem no projeto.

O tema central da oficina está relacionado à área de interesse específico dos alunos com altas habilidades/superdotação convidados: a Robótica Educativa. Por meio de um Edital PROEXT/MEC 2010, foi adquirido pela Escola de Inclusão o equipamento 8547 LEGO® MINDSTORMS® NXT 2.0, que permite a montagem e a programação de diferentes tipos de robôs. Na relação pedagógica instala-se um ambiente lúdico, de compartilhamento, experiência, troca, reflexão, pesquisa. Uma dinâmica interdisciplinar vai sendo desenvolvida e testada na relação ensino-aprendizagem para a formação de professores.

Em 2012, foi criado o Programa de Altos Estudos da UFF "com o objetivo de acelerar os estudos para alunos com altas habilidades, colaborando, assim, para o crescimento qualificado da formação de pessoal de alto nível para o país. Desta forma, além de experimentarem o ambiente de pesquisa e pós-graduação mais cedo, ao longo de sua formação, os estudantes apoiados abreviam o tempo de conclusão de sua graduação e pós-graduação stricto sensu por meio de uma trajetória curricular avançada e integradora. O Programa de Altos Estudos é companhado pelo Comitê Gestor do Programa de Altos Estudos, composto pelos respectivos Pró-Reitores da PROAES, PROPPi e PROGRAD, ou por representantes designados pelos mesmos. Cada proposta submetida ao Comitê Gestor do Programa de Altos Estudos é elaborada e acompanhada por um Comitê Gestor Local do Programa de Altos Estudos." (Veja http://www.uff.br/?q=servico/programa-altos-estudos)

O Instituto de Biologia aderiu ao Programa de Altos Estudos, da PROAES, através do PPG em Ciências e Biotecnologia e desde então estabelecemos colaboração em diversas atividades, como o acompanhamento de alunos precoces com vocação científica do ensino fundamental e médio em projetos de ICJr, IC, com apoio da PROAES e da FAPERJ.

Desde a criação do Curso de Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão (CMPDI), este espaço tem sido campo de estágio de docência para professores com matrícula efetiva no curso e para alunos avulsos com interesses na área. Já foram desenvolvidas as seguintes dissertações de mestrado:

AMARAL, Alessandra da Silva Souza ÁvilaMAIA, Maria Vitória Campos Mamede; CANEN, Ana; DELOU, C. M. C.; KELMAN, Celeste Azulay; CASTRO, Helena Carla. Participação em banca de Alessandra da Silva Souza Ávila Amaral. A Formação de professor a partir do lúdico: um possível caminho para identificação de alunos com altas habilidades/superdotação. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Maurício Ribeiro Gomes. Uma proposta pedagógica para oficinas de robótica educacional orientada a alunos com altas habilidades/superdotação. 2015. Dissertação (Mestrado em Informática) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Coorientador: Cristina Maria Carvalho Delou.

Eduardo Erick de Oliveira Pereira. Casa Adaptada A Cadeirantes: Um Desafio Didático Para O Ensino A Superdotados. 2015. Dissertação (Mestrado em CMP em Diversidade e Inclusão) - Universidade Federal Fluminense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Cristina Maria Carvalho Delou.

Encontra-se em andamento:

Ramieri Da Cunha Passos. ROBÓTICA COMO FERRAMENTA EDUCACIONAL DE APOIO AO ENSINO DE MATEMÁTICA PARA PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL (6º AO 9º ANO) QUE TRABALHAM COM ALUNOS COM ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO. Início: 2014. Dissertação (Mestrado profissional em CMPDI - MP Diversidade e Inclusão) - Universidade Federal Fluminense. (Orientador).


Em 2013, participamos do Edital Nº 55/2012, Programa Novos Talentos da CAPES, que tem o objetivo de "apoiar propostas para a realização de atividades extracurriculares para professores e alunos da educação básica - tais como cursos, oficinas ou equivalentes - que ocorram no período de férias das escolas públicas e/ou em horário que não interfira na frequência escolar. As atividades devem valorizar espaços inovadores, como dependências de universidades, laboratórios e centros avançados de estudos e pesquisas, museus e outras instituições, inclusive empresas públicas e privadas, visando ao aprimoramento e à atualização do público-alvo e a melhoria do ensino de ciências nas escolas públicas do país.



Neste ano, contamos com a presença de um aluno cego, matriculado no curso de formação de professores do Instituto Professor Ismael Coutinho, interessado em Robótica. Acompanhe as fotos e os vídeos no site da Escola de Inclusão, atividades do Programa Novos Talentos - Campus do Gragoatá - UFF.

Em 2016,



Enfim, neste blog poderão ser encontrados os materiais elaborados e postados pelos alunos: textos, vídeos (de autoria própria ou indicados do You Tube), slides em ppt, sites e filmes indicados que tratem do assunto ou outra forma de expressar conhecimentos para a divulgação científica de temas relacionados à educação de alunos com altas habilidades/superdotação. Também estão disponíveis as fotos e vídeos produzidos durante as aulas e que mostram o sucesso das atividades desenvolvidas.

As produções postadas refletem a capacidade produtiva de cada aluno, envolvimento com o trabalho acadêmico, a formação profissional, além de mostrar a traços de criatividade da personalidade de cada um.

Todos os materiais observam o uso correto das normas técnicas para a produção intelectual, acadêmica e as orientações contidas na Cartilha sobre o Plágio Acadêmico, disponível no site http://www.noticias.uff.br/arquivos/cartilha-sobre-plagio-academico.pdf

Visite também os sites da Escola de Inclusão, do Curso de Mestrado Profissional em Diversidade e Inclusão e do PAAAH/SD.


Entrevista Cristina Delou - Canal Saúde: Ligado em saúde

Quem quiser assistir a entrevista da Professora e Psicológa Cristina Delou, para o Canal Saúde, da Fiocruz, falando qual o conceito e como identificar altas habilidade.

Basta clicar no link abaixo

http://www.canal.fiocruz.br/video/index.php?v=altas-habilidades

Ângulo oposto pelo vértice: applet utilizado na aula sobre ângulos






Sorry, the GeoGebra Applet could not be started. Please make sure that Java 1.4.2 (or later) is installed and active in your browser (Click here to install Java now)


Autor: Eduardo Erick de Oliveira Pereira, Criado com GeoGebra


Tipos de ângulo: apllet usado na aula sobre ângulos






Sorry, the GeoGebra Applet could not be started. Please make sure that Java 1.4.2 (or later) is installed and active in your browser (Click here to install Java now)


Autor: Eduardo Erick de Oliveira Pereira, Criado com GeoGebra